O negócio de R$ 600 mil para salvar Atemir Botelho da cassação

a

Está em curso nos bastidores da política maranhense uma triangulação envolvendo parlamentares, setores do Judiciário e empresários para salvar o mandato do prefeito de Alto Alegre do Pindaré, já cassado pela Justiça.

Custo da operação, segundo apurou o blog: R$ 600 mil.

Atemir Botelho foi cassado pela Justiça comum, pelo crime de Improbidade Administrativa, mas tenta, desde então, reverter a decisão.

E não mede esforços para isso.

O negócio que poderia devolver-lhe o mandato foi todo montado em gabinetes políticos de São Luís.

Maranhão Vôlei volta a vencer na Superliga Feminina

v

SÃO LUÍS – Em um jogo dramático, que contou com duas viradas no placar, o Maranhão Vôlei conquistou mais uma vitória na Superliga Feminina de Vôlei. Atuando no ginásio Castelinho, na noite desta terça-feira (28), a equipe maranhense derrotou o Uniara / Araraquara por 3 sets a 2 (21/19, 17/21, 19/21, 21/19 e 15/10). A capitã Nikolle, com 21 pontos, foi o destaque do MV, enquanto Helô fez 19 pontos e foi a líder da equipe do interior paulista.

Foi a terceira vitória do Maranhão Vôlei em 17 jogos disputados na Superliga, sendo que todos estes triunfos foram obtidos em São Luís. Com o resultado, o time maranhense chegou aos sete pontos, mas segue na 14ª e última colocação da principal competição de vôlei do país. Por ter vencido dois sets, o Uniara volta para Araraquara com um ponto, chegando agora aos 13. Porém, a equipe paulista segue na 11ª posição, fora da zona de classificação.

Servente de pedreiro é hospitalizado após sofrer descarga elétrica

1

Nesta manhã de segunda-feira (27), o servente de pedreiro Wenderson deu entrada no hospital municipal SPA, o mesmo sofreu queimaduras de terceiro grau decorrentes de uma descarga elétrica. De acordo com familiares, Ederson estava trabalhando no segundo andar de uma obra localizada na esquina da Rua Benedito Leite com a Avenida Nagib Haickel,

Agentes penitenciários paralisam por 24 hs e protestam em frente à Sejap

um

Os agentes penitenciários do Maranhão estão realizando neste momento um protesto em frente ao prédio da Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap), no Outeiro da Cruz em São Luís.

Na quarta-feira da semana passada (22), a categoria esteve reunida em assembleia geral, convocada pelo Sindicato dos Servidores do Sistema Penitenciário do Estado, onde foi descartada a possibilidade de greve. Porém, ficou marcada uma paralisação de 24 horas, que está sendo realizada hoje.

Este é um protesto contra a portaria 001/2014, que removeu os agentes e inspetores das unidades prisionais.

Remanejados de suas funções os agentes estão insatisfeitos com o governo.

Segundo o sindicato, atualmente apenas 382 agentes atuam no Estado, sendo que a maioria está trabalhando em unidades prisionais do interior. Já em Pedrinhas, cerca de 900 servidores terceirizados atuam como monitores.

Fonte: Luis Cardoso.

Candidato já pode conferir resultado da segunda chamada do Sisu

sisu-logo

O resultado da segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação está disponível on-line para consulta. Os estudantes convocados devem comparecer à instituição de ensino selecionadora a partir de sexta-feira (31), até 4 de fevereiro (terça-feira), para fazer a matrícula. Aquele que deixar de fazer a matrícula no prazo perderá a vaga.

Os candidatos que não foram convocados nas duas primeiras chamadas podem integrar a lista de espera. O prazo de adesão, aberto nesta segunda-feira (27), vai até 7 de fevereiro.

Corrida contra o tempo: eleitores têm até março para transferir título

01

Quem ainda não tirou o tirou nem transferiu o título de eleitor tem que correr contra o tempo. O prazo máximo é até o dia 7 de março.

Os documentos necessários para a retirada ou transferência, são: carteira de identidade, comprovante de residência, título anterior (se for o caso). Os homens também devem apresentar comprovante de quitação militar.

As eleições acontecem em outubro e os eleitores votarão para presidente, governador, senador, deputado estadual e federal.